PROVÉRBIO FIDELITAS DIZ:

SOMOS UMA IGREJA COM QUATRO SALAS ENORMES:
UMA FÍSICA, UMA MENTAL, UMA EMOCIONAL, UMA ESPIRITUAL.
   Tendemos viver em uma delas a maior parte de nossa vida e tempo. Mas, se mantivermos todas as portas das salas abertas e deixar a luz de Deus entrar nelas, toda a nossa igreja será iluminada. (+Dom Paulus Nunes-sce Patriarca).
TEMPO:
   O AMOR QUE EU SINTO POR MIM MESMO, É MAIOR QUE TODAS AS OPINIÕES MALDOSAS DE QUEM NÃO SABE NADA DE MINHA VIDA!
Quando a sua voz se perde no tempo, e as pernas começam a ficar sem forças, tudo muda num ápice. Os sentimentos são saudades e a vontade de desistir da vida é maior do que tudo que a vida dá, quando os sentimentos estão distorcidos e a saudade faz doer, o querer dizer, mas não soar, acredite que no momento certo a luz da escolha e da luta não faz mais sentido, mas por que desistir da vida, por que a vida não cabe mais no seu coração…Lembre-se tem um Deus que cabe no seu tempo e na sua vida que te ama, desistir é para os fracos e quando estamos fracos somos forte, por que Deus está do nosso lado…Deus abençoe seus dias e sua família, obrigado pela sua fidelidade com o Patriarca, não esqueça, nunca falte com a verdade, não minta ou omita, perdoe e ame sempre levando esperança, fé, e a caridade aos seus irmãos necessitados. Acreditem DEUS é para sempre.
O QUE MOVE O SEU CORAÇÃO?
   Jonas 4:8 – E aconteceu que, aparecendo o sol, Deus mandou um vento calmoso oriental, e o sol feriu a cabeça de Jonas; e ele desmaiou, e desejou com toda a sua alma morrer, dizendo: Melhor me é morrer do que viver. No dia seguinte, a Escritura afirma que o mesmo Deus operou segundo milagre, enviando um verme para consumir a planta a fazendo secar. Sem a proteção divina, sobrou para Jonas o sol escaldante e o abafado vento do deserto. Atormentado com o calor, Jonas questiona a Deus e pede a morte. Parafraseando, ele afirma: “porque o Senhor destruiu aquilo que eu amo? Que direito o Senhor tem de fazer isso?”. Aqui, Deus de modo sábio desmascara o pecado do profeta: ele ficaria feliz em ver a destruição da cidade, mas ficou triste em ver a destruição da planta. Que lição extraiu disso? Muitas vezes, como Jonas nos sentiu impelidos a lutar com Deus quando as coisas que desejamos não acontecem. Você percebe a lealdade do seu coração para com Deus nessas coisas mínimas: – Você impõe condições para servir ao Senhor?
Impõe critérios para estar reunido com os irmãos?
Impõe critérios sobre a contribuição regular na sua igreja local? Ira-se quando não recebe uma oportunidade?
Frustra-se quando alguma oração não é respondida como lhe convém? Jonas não estava preocupado com a salvação do povo, mas demonstrou muita insatisfação quando Deus permitiu que o seu bem-estar fosse tirado. Deus esperava que Jonas tivesse compaixão do povo, mas ele decidiu sofrer por causa de uma planta. Do mesmo modo, somos uma geração de crentes que deseja as melhores roupas, os melhores lugares, oportunidades recorrentes, reconhecimento, aplausos e, nessa busca desenfreada, permanecemos indiferentes àqueles que, como o povo de Nínive, caminha a passos largos da condenação. Deus tinha um único Filho e fez dele um missionário. E da mesma forma, Ele nos envia ao mundo para demonstrarmos compaixão e servirmos às pessoas, a fim de levá-las ao conhecimento de Cristo e ao arrependimento de pecados. Temos chorado por não faltar um celular melhor, uma roupa melhor, uma casa melhor. Mas deveríamos chorar pela conversão das nações. Não podemos ficar indiferentes a uma sociedade que está mergulhada em ardilosas mentiras ideológicas e caminhando aos passos largos para a condenação.
Shalom
+Dom Paulus Nunes-sce
Patriarca dos Veteros Católicos.
Sacerdote Superior do Patriarcado de Jerusalém nas Américas.