Padrinhos e Madrinhas Figuras Coreográficas

  Perderam o significado. Tudo se tornou aparência: bispo italiano dispensa presença de padrinhos em batismos e crismas.

⌈”Fomos nós – padres, bispos e comunidades cristãs – que assistimos ao esvaziamento de sentido destas figuras, sem opor nenhuma resistência.” ⌉

   Com um decreto que entrou em vigor no início do ano, o bispo de Mazara del Vallo determinou a suspensão da presença de padrinhos e madrinhas na celebração do Sacramento do Batismo para crianças, Confirmação e Iniciação Cristã para adultos. “É apenas uma figura formal e desprovida de significado. Tudo se tornou aparência”, lamenta o prelado. A decisão segue aquela já adotada por outras dioceses italianas.

   “Havíamos chegamos ao ponto que muitos padrinhos e madrinhas, durante a celebração, sequer comungavam”. Dom Domenico Mogavero não mede as palavras para chegar ao cerne do problema: “O ofício de padrinho – afirma – perdeu o seu sentido original, limitando-se a uma presença litúrgica puramente formal”.

Saiba Mais…https://pay.hotmart.com/M64012212S?checkoutMode=10

   Eis porque na sua diocese siciliana de Mazara del Vallo, que dirige há quinze anos, determinou a suspensão da presença de padrinhos e madrinhas na celebração do Sacramento do Batismo para crianças, da Confirmação e da Iniciação Cristã para adultos.

   O decreto, em vigor de 1° de janeiro último ‘ad experimentum‘ até 2024, segue aqueles já adotados por outras dioceses italianas e estabelece que serão “os pais ou os responsáveis pela preparação religiosa do batismo a acompanhar, ​​diante do presbitério, aqueles que devem receber o Batismo ou a Crisma”. “Hoje – diz o prelado – padrinhos e madrinhas se tornaram figuras irrelevantes. Não se escolhe um homem ou uma mulher como ponto de referência por seu testemunho de fé”.

É uma figura que se esvaziou de sentido?

Mais Informações…https://pay.hotmart.com/C40388000H?checkoutMode=10  

 Certamente. No passado, especialmente na Igreja antiga, era significativo. Hoje se tornou uma figura que criou problemas, também em pessoas que não dão um testemunho de fé profunda. Houve casos de hipocrisia e falsidade: muitas pessoas, por exemplo, não revelaram sua condição de divorciados-casados novamente ou de estarem afastados da fé e da prática religiosa. Percebemos que tudo se tornou uma aparência. Deve ser ressaltado que o Código de Direito Canônico não impõe, nas celebrações, a presença de padrinho e madrinha.

Também a escolha se tornara formal?

   Era feita de forma emocional e, às vezes, infantil. Várias vezes aconteceu-me que me pediram dispensa da idade útil para ser padrinho, para colegas de classe de doze anos ou para amiguinhos para brincar. Nem mesmo os crismandos se dão conta qual é o verdadeiro papel dos padrinhos e das madrinhas.

Saiba Mais…https://pay.hotmart.com/X63005551Q?checkoutMode=10

   E depois, quase sempre, os padrinhos e madrinhas desaparecem após a cerimônia, quando, ao invés disso, deveriam acompanhar, por toda a vida, aquela pessoa que lhes foi confiada…

   Trago um testemunho concreto, dado logo após que foi emitido o concreto. Em junho, quando anunciei minha intenção de emitir este decreto, uma pessoa me encontrou e me disse: faz quarenta anos que não vejo meu padrinho. Portanto, tomamos a decisão a partir de uma situação que já se tornou clara, ocupando-nos assim da dignidade dos sacramentos e do valor do testemunho cristão que não pode ser abandonado.

A figura dos padrinhos e das madrinhas poderá ser recuperada?

Conheça nossa loja…https://www.arquidiocesedabahiaiavcbf.com.br/loja/

   Depende muito de nós. Fomos nós – padres, bispos e comunidades cristãs – que assistimos ao esvaziamento de sentido destas figuras, sem opor nenhuma resistência. Quando percebemos que os padrinhos e madrinhas haviam se transformado em figuras coreográficas – servem apenas para dar um belo presente – deveríamos ter reagido para reverter a tendência. Nada fizemos e agora devemos ter a coragem de tomar uma decisão e de recomeçar com a presença dos catequistas e daqueles que preparam para a Crisma e os Sacramentos da Iniciação Cristã. Valorizamos essas figuras, deixando claro como são importantes também no caminho de aprendizagem e de testemunho do crismando ou do iniciado adulto. E se, um dia, alguém quiser resgatar a figura dos padrinhos do ponto de vista doutrinal e teológico, tudo bem: mas é preciso devolver a eles o verdadeiro sentido da missão.

 

POR: Federico Piana- Cidade do Vaticano

Fonte: Vatican News