VISITA AO SANTÍSSIMO

HOMILIA, QUINTA-FEIRA

V/Graças e louvores sejam dados a todo momento.

R/. Ao Santíssimo e diviníssimo Sacramento

Pai –Nosso, Ave-Maria e Glória .

   Comunhão espiritual: Eu quisera, Senhor, receber-vos com aquela pureza, humildade e devoção com que recebeu a vossa Santíssima Mãe, com o espírito e o fervor dos Santos.

HOMILIA

  Na priemira leitura  tirada de 1  Coríntios 8, 1-7.11-13, Paulo nos apresenta outro caminho para atingirmos o centro do mistério Pascal de Cristo: a caridade fraterna. O amor é mais importante que o conhecimento. O conhecimento pode nos proporcionar uma boa posição social e fazer com que nos sintamos importantes, mas podemos facilmente desenvolver uma atitude arrogante e soberba. A única forma de obtermos o conhecimento de Deus é amando a Ele (Tg 3, 17-18). E nós só podemos conhecer a Deus demostrando um amor semelhante ao dele (1 Jo 4, 7-8).

   A liberdade cristã não significa que podemos fazer qualquer coisa. A liberdade cristã significa que nossa salvação não é obtida através de boas obras ou regras legalistas; a salvação é o dom gratuito de Deus. Meu irmão e minha irmã que está lendo essa homilia nessa Quinta-Feira de adoração ao Santíssimo. Quando verdadeiramente amamos os outros, nossa liberdade se torna menos importante para nós do que a benção de fortalecer a fé de um irmão ou de uma irmã em Cristo.

   O Evangelho tirado de Lucas 6, 27-38 lança uma luz sobre nossas relações pessoais. Os judeus desprezavam os romanos, porque eles oprimiam o povo de Deus, mas Jesus lhes disse que deviam amar esses inimigos. Essas palavras fizeram com que muitos se afastassem de Cristo. Jesus ama o mundo inteiro, ainda que o mundo esteja em rebelião contra Deus. Jesus nos pede que sigamos seu exemplo e amemos nossos inimigos.

   Portanto, nesse Mês dedicado a Bíblia, lembremos que ela é dinâmica, sutil, ágil (Sab. 7 e 8). Ela é a fonte da vida, do poder da criação, da fecundação. Ela não volta para Deus, sem produzir o seu efeito dinâmico e necessário (Is. 55, 10 ss). Como Bispo digo a você que está rezando no dia de hoje, vivemos em um mundo que se orienta para ser um mundo sem esperança e sem coração, mas nós cristãos, que cremos no poder dinâmico da Palavra de Deus, com fé podemos viver a nossa doação e dar toda nossa colaboração para testemunhar e anunciar a caridade, o amor ensinado por Jesus. Nunca se esqueça do poder de criação e transformação que a Palavra de Deus tem e que pode mudar uma situação que para o homem é impossível. Cria na Palavra de Deus sempre.

+Dom Júnior de Jesus