HOMILIA DO XV DOMINGO DO TEMPO COMUM

HOMILIA: XV DOMINGO DO TEMPO COMUM

A liturgia de hoje é um convite a reconhecer a Palavra de Deus como dom que nos é oferecido na liberdade. Acolhê-la significa deixar que ela transforme nosso coração e nossa vida. E, assim, como celebramos no Domingo passado, nosso coração se tornará mais simples e humildes, numa vida segundo o Espírito de Cristo.

A primeira leitura tirada de Isaías 55, 10-11 mostra-nos que a palavra de Deus possui uma eficácia que lhe é própria, pois vem do próprio Deus. Dentro desse contexto de pandemia, politização e incertezas econômicas, como Bispo Eleito, digo a você que está lendo essa homilia: A palavra de Deus nos dá esperança, mostra-nos por onde devemos ir e nos incentiva para continuar nossa missão.

Já o Evangelho tirado de Mateus 13, 1-23 nos chama a atenção sobre a forma de como recebemos a Palavra e faz um convite gentil cada um de nós, neste Domingo, a ser uma terra boa, que produza frutos para o reino de Deus. Que cada grão da palavra semeado em nós não seja abafado pelo medo, a insegurança, as injustiças, a intolerância religiosa e política, mas que o Espírito Santo  o faça frutificar em cada família e em cada igreja dedicada a levar essa Palavra de vida. O Evangelho de hoje diz para mim, para você e para todos: Coragem, não deixe se abater com o aparente fracasso que o mundo está vivendo atualmente. O Reino de Deus é algo verdadeiro, real. Lembre-se o resultado final de tudo isso será surpreendente e maravilhoso. No momento o importante é repetir a todos sem medo: crer faz bem!

A segunda leitura de Romanos 8, 18-23 deixa claro que é a palavra de Deus que orienta os homens e mulheres a viverem segundo o Espírito e para que eles possam construir o novo céu e a nova terra.

Portanto, Que o Senhor nos ilumina com teu Espírito criador, para nos inspirar respeito e dedicação pela tua criação que anda tão abandonada e poluída. E que possamos dar atenção a Tua palavra no dia a dia da nossa história.

 

 

Dom Junior De Jesus (Bispo Eleito)