REFLEXÃO FIDELITAS

CORAÇÃO QUE BATE FORTE E NO RITMO DA BONDADE PODE MUDAR O RITMO DO MUNDO.
Evangelho (Jo 15,12-17) Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 12“Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. 13 Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos. 14 Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. 15 Já não vos chamo servos, pois o servo não sabe o que faz o seu Senhor. Eu chamo-vos amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai. 16 Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e para que produzais fruto e o vosso fruto permaneça. O que, então, pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo concederá. 17 Isto é o que vos ordeno: amai-vos uns aos outros”.
PALAVRA DA SALVAÇÃO.
   Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor. (Jo 15,10) Encontro a vida quando não a procuro nas minhas seguranças, ou em tudo aquilo que tenho medo de perder, mas quando a reconheço no amor de quem se doa no silêncio e com profundidade. Entro na vida quando estou disposto a obedecer mais ao amor do que a mim mesmo, quando começo a chamar por nome cada uma das minhas emoções, sem que sejam elas a me nomear e controlar. Permaneço na vida quando através do amor continuo mudando quem eu sou com incansável confiança, para me tornar não o que sinto de ser, mas a pessoa para a qual o amor aponta. É exatamente disso que é feita a vida, de momentos. Momentos que temos para guardar os mandamentos do Senhor Pai Eterno, momentos bons que temos que passar para nosso próprio aprendizado e evolução. Nunca esquecendo do que é mais importante o Pai que nos criou o Deus dos profetas e apóstolos. Por isso temos que ter a preocupação de fazer a nossa parte na igreja ou fora dela, de forma possível e cristã, pois a vida nem sempre segue a nossa vontade, mas ela é perfeita naquilo que tem que ser. Veja bem, quem planta afim de agradar aos seus desejos e por inveja, ciúmes, ou vitimismo, estará plantando a semente do mal e logicamente fará uma colheita de ruina espiritual e de morte para sim mesmo. Mas se plantar coisas boas do espirito, colherá a vida eterna que o Espirito Santo vos dará (gálatas 6:8). Chegará um tempo que você já entendeu o que é seu, e o que não é seu, o que é do outro e o que não é de ninguém; mas que tudo também tem um limite e não dá mais para retroceder demore, mas chegue lá. Caso você encontrar um caminho sem obstáculos, ele provavelmente não o levará a lugar nenhum.
Shalom
+Dom Paulus Nunes-sce
Patriarca