16º DOMINGO DO TEMPO COMUM

   A Igreja Vetero Católica Fidelitas se alegra com o crescimento da missão, gesto concreto do envio. Alegra-se mais ainda ao ver, na liturgia de hoje, a sua importância. No domingo passado, o Senhor Jesus enviava os discípulos para a missão. Hoje, somos convidados a perceber que os missionários podem até não compreender corretamente o sentido dessa missão. O Senhor Jesus entretanto, os mantem no caminho da autentica missão.

  A primeira leitura tirada de Jeremias 23,1-6, mostra que pela voz do profeta, Deus condena os pastores indignos que usam o rebanho para satisfazer os seus próprios projetos pessoais; e, paralelamente, Deus anuncia que vai, Ele próprio, tomar conta do seu rebanho, assegurando-lhe a fecundidade e a vida em abundancia, a paz, a tranquilidade e a salvação.

   O Evangelho de Marcos 6,30-34, recorda-nos que a proposta salvadora e libertadora de Deus para os homens, apresentada em Jesus, é agora continuada pelos discípulos. Os discípulos de Jesus são, como Jesus o foi, as testemunhas do amor, da bondade e da solicitude de Deus por esses homens e mulheres que caminham pelo mundo perdidos e sem rumo, “como ovelhas sem pastor”. A missão dos discípulos tem, no entanto, de ter sempre Jesus como referência. Com frequência, os discípulos enviados ao mundo em missão devem vir ao encontro de Jesus, dialogar com Ele, escutar as suas propostas, elaborar com Ele os projetos de missão, confrontar o anuncio que apresentam com a Palavra de Jesus.

   Na segunda Leitura tirada de Efésios 2,13-18, Paulo fala aos cristãos da cidade de Éfeso da solicitude de Deus pelo seu povo. Essa solicitude manifestou-se na entrega de Cristo, que deu a todos os homens, sem exceção, a possibilidade de integrarem a família de Deus. Reunidos na família de Deus, os discípulos de Jesus são agora irmãos, unidos pelo amor. Tudo o que é barreira, divisão, inimizade, ficou definitivamente superado.

    Portanto, a missão dos discípulos não pode ser desligada de Jesus. Os discípulos devem, com frequência, reunir-se à volta de Jesus, dialogar com Ele, escutar os seus ensinamentos, confrontar permanentemente a pregação feita com a proposta de Jesus. Por vezes, os discípulos mergulham num ativismo descontrolado e acabam por perder as referencias; deixam de ter tempo e disponibilidade para se encontrarem com Jesus, para confrontarem as suas opções e motivações com o projeto de Jesus. Por vezes, passam a vender, como verdade libertadora, soluções que são parciais e que geram dependência e escravidão; outras vezes, tornam-se funcionários eficientes, que resolvem problemas sociais pontuais, mas sem oferecerem às “ovelhas sem pastor” uma libertação verdadeira e global. Jesus é que dá sentido à missão do discípulo e que permite ao discípulo, tantas vezes fatigado e desanimado, voltar a descobrir o sentido das coisas e renovar o seu empenho.

   Como Bispo Eleito da Igreja Vetero Católica Fidelitas convido você que está lendo essa homilia a crescer em sua espiritualidade com a experiência do dízimo. Faça a seguinte oração:

Oração de agradecimento

    “Senhor Deus de amor e de graça, diante de ti colocamos a nossa disponibilidade em servir os irmãos. Trazemos diante de ti, agradecidos, a nossa sincera contribuição. Sabemos que o dízimo não nos pertence. Ele é todo teu e nós somos teus instrumentos de apaziguamento diante das dores, sofrimentos e incertezas de tantos irmãos que sofrem e padecem da fome, da miséria e da pobreza, que machucam e destroem. Queremos, Senhor, que o nosso dízimo seja a expressão pura e singela de nosso gesto de amor e solidariedade entre os sofridos e necessitados.

Pelo dízimo, damos-te glória para sempre. Amém”.

   Convite: se você sentiu o desejo de ser um dizimista para o Reino de Deus, através da Igreja Vetero católica Fidelitas, é só entrar em contato com Dom Junior e sua equipe por meio do e-mail:

arquidiocesedabahia@gmail.com

  • Você pode ser dizimista de onde estiver: em outro país, estado ou cidade, não importa a distância.
  • Você receberá sua carteirinha de dizimista: Impressa ou digital.
  • Terá todo o acompanhamento através das nossas plataformas digitais.
  • Se você quer começar uma comunidade Fidelitas em sua cidade estamos à disposição. A nossa marca é a acolhida, a simplicidade e a humildade.
  • Se o Espírito Santo está tocando em seu coração para ajudar essa obra, não tenha vergonha. É uma obra que está iniciando agora na Bahia. É uma obra ainda pequena, mas que quer contar com pessoas como você para nos ajudar a levar o Evangelho ainda mais longe. Nossas estruturas estão na forma inicial. Mas graças a Deus tudo está se encaminhado bem, graças a pessoas tão generosas, que tem se dedicado a cada dia para fazer acontecer.
  • Recebi a missão de criar e organizar a Arquidiocese da Bahia da Igreja Vetero Católica Fidelitas, sinto-me responsável em cumprir essa missão. Com a certeza de que dias melhores irão chegar.
  • Hoje me sinto totalmente enviado  por Deus através da Igreja Vetero Católica Fidelitas e desejo que você também faça parte dessa linda história. Para muitos impossível, mas para quem crer no Deus do impossível, nada é irrealizável.
  • Ficarei muito feliz se souber que você está orando por mim e por essa obra missionária.
  • CONHEÇA A CARTEIRINHA DO DIZIMISTA FIDELITA

 

SAIBA MAIS…https://pay.hotmart.com/M55904695J?checkoutMode=10

GANHE COMISSÃO….https://app-vlc.hotmart.com/affiliate-recruiting/view/0471D55904716

 

+DOM JUNIOR DE JESUS (BISPO ELEITO)