ACOLHER VIDAS PARA FORTALECER EMOÇÕES

Quantos alunos foram afetados pela suspensão das aulas? Quais os impactos tanto para alunos quanto para professores e servidores? De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), até o momento há 1,2 bilhão de alunos em todo mundo que tiveram seus estudos afetados durante a pandemia de Covid-19. Este número representa 68,5% do total de estudantes matriculados.

CLIQUE NO LINK E TIRE SUAS DÚVIAS SOBRE O CURSO…https://go.hotmart.com/N68069999X?dp=1

   É urgente pensar nas estratégias de realização do acolhimento de todo corpo educacional de forma sistêmica, desde o professor(a), diretor(a), vice-diretor(a), coordenador(a), secretários, merendeira(o), até as pessoas que atuam nos cuidados da higiene, vigilante e porteiro, pois, neste momento, é necessário cuidar de quem cuida e acolher quem acolhe. As competências socioemocionais dizem respeito à capacidade de expressar emoções  e  construir relacionamentos. Estas são essenciais para a saúde e se desenvolvem nas interações do cotidiano. No atual cenário, é impossível não dar evidência a elas, uma vez que essas competências se manifestam em comportamentos, ações individuais e coletivas, bem como na tomada de decisões e, até mesmo, na forma de enfrentamento de situações adversas. 

CONHEÇA NOSSO CURSO SOBRE O PROJETO DE VIDA…https://pay.hotmart.com/M64012212S?checkoutMode=10

       Tanto os servidores, os professores e os alunos, que formam o corpo educacional, como suas famílias necessitam desenvolver competências – como por exemplo, a resiliência – para esse percurso de adaptação, com ajustes criativos dentro do novo contexto. É necessário cuidar e administrar as emoções de maneira constante e contínua, visto que não se sabe até quando vivenciaremos essa situação. Resguardadas as devidas proporções, sabe-se que todos sofreram, estão sofrendo ou sofrerão, em certa medida, os impactos da pandemia que podem ser vários: Perda de um ente querido; Viver a experiência de contrair o vírus; Perda da fonte de renda de um pai, mãe ou responsável, etc.

   Portanto, uma das maneiras de trabalhar parte desses desafios é incorporando a este novo cotidiano o desenvolvimento de competências socioemocionais de forma mais explícita e intencional em abordagens de educação integral. 

https://go.hotmart.com/N68069999X?dp=1